Blog Implementação do iOS 15: O que isso significa para os profissionais de marketing

Implementação do iOS 15: O que isso significa para os profissionais de marketing

A mais recente atualização do SO da Apple, o iOS 15, está marcada para ser lançada hoje mundialmente. Embora a preparação para essa novidade não tenha sido tão dramática para a indústria quanto foi nos meses antecedendo o lançamento do iOS 14 em setembro de 2020 ou do iOS 14.5 em abril deste ano, há mudanças e atualizações que os profissionais de marketing, desenvolvedores e anunciantes devem observar. Com o foco contínuo da Apple na privacidade do usuário e na proteção dos dados, o mundo do marketing mobile e da publicidade está se adaptando, e a Adjust está trabalhando constantemente com a Apple para encontrar soluções e priorizar o controle dos usuários sobre seus dados.

Alguns dos recursos novos, como a atualização do funcionamento dos postbacks da SKAdNetwork e a Proteção de Privacidade do Mail, estarão imediatamente disponíveis a partir da primeira implementação do iOS 15, já outros como o Relatório de Privacidade de Apps e o iCloud Private Relay serão disponibilizados gradualmente e lançados em versões futuras.

Entre os principais recursos e atualizações, estão:

  1. Cópias de "winning" postback da SKAdNetwork para desenvolvedores
    Os desenvolvedores de aplicativos podem agora definir um endpoint que receberá cópias de “winning” postbacks enviados da SKAdNetwork. Esses postbacks eram enviados para ad networks, que então os encaminhavam para os desenvolvedores. Esse processo novo é positivo, pois traz mais transparência para os anunciantes e dá a eles mais controle sobre seus dados, da instalação até a pós-instalação.
  2. Proteção de Privacidade do Mail
    Depois que um usuário tiver atualizado para o iOS 15, a próxima vez que ele abrir o Apple Mail, ele será servido com um prompt e novas opções de configuração para o compartilhamento de dados. Aqui, as duas coisas mais importantes são que os usuários podem ocultar o endereço IP e a localização para anonimizar o rastreamento de aberturas de e-mails. Se o usuário escolher ativar essas opções, os profissionais de marketing não terão mais visibilidade sobre métricas como taxas de abertura em campanhas de e-mail. Trackers de terceiros não terão mais acesso a endereços IP, o que significa que, para os profissionais de marketing, a visibilidade em campanhas de e-mail será afetada, sendo assim necessário rever suas estratégias.
  3. Ocultar Meu E-mail
    Oferecido como parte da assinatura do iCloud+, Ocultar Meu E-mail permite que usuários do iOS ocultem ou camuflem seu endereço de e-mail com e-mail aleatório ao preencher um formulário online. E-mails enviados ao endereço de e-mail falso são então encaminhados para o endereço de e-mail verdadeiro. Espera-se que esse recurso seja usado com mais frequência quando se exige um endereço de e-mail para o cadastro em uma loja, newsletter ou ao realizar uma compra. O objetivo é proteger os usuários contra spam e de ter seus e-mails guardados em bancos de dados. Se um usuário não desejar mais receber e-mails, ele pode simplesmente deletar o endereço fictício criado para um cadastro específico.
  1. Relatório de Privacidade de Apps

    Atualmente marcado para ser lançado com uma versão posterior do iOS 15, o Relatório de Privacidade de Apps permitirá que os usuários registrem a atividade de redes a partir de aplicativos específicos instalados no dispositivo por até 7 dias por vez. O relatório também fornecerá aos usuários informações sobre domínios de terceiros que os aplicativos instalados contatam com mais frequência.
    Para se preparar, recomendamos criar uma estratégia de comunicação para seus usuários, a fim de ter certeza de que a razão para o processo de comunicação com MMPs, ferramentas de terceiros, seu CMS etc. esteja clara.

  1. iCloud Private Relay e bloqueio de endereço IP

    O Private Relay é outro recurso que ficará disponível para os assinantes do iCloud+. Marcado para ser disponibilizado em uma versão posterior, o Private Relay ainda estará como beta público quando o iOS 15 for lançado. Criado para fornecer uma privacidade do usuário adicional redirecionando tipos específicos de tráfego de rede de um dispositivo iOS pelos servidores da Apple, esse recurso oculta o endereço IP real do usuário, camuflando-o com um endereço IP falso baseado na localização aproximada. Isso significa que os anunciantes não poderão mais ver endereços IP ou localizações de usuário e, portanto, não poderão usar o histórico de navegação para criar perfis de usuários.

  2. Páginas de produtos personalizadas

    Conforme analisamos em um artigo recente no blog, a otimização da página do produto e páginas de produtos personalizadas possibilitam que os profissionais de marketing e desenvolvedores criem páginas mais relevantes e personalizadas na App Store. Essas páginas têm um nível novo de personalização, pois podem ser criadas para até 35 públicos-alvo específicos, vinculadas a campanhas individuais e usadas para melhorar e desenvolver estratégias de UA paga no iOS.

Para mais informações sobre o iOS 15, como trabalhar com a Adjust para uma publicidade de sucesso no iOS e atualizações sobre as mudanças e os lançamentos que estão por vir, visite nosso centro de recursos aqui.

Quer receber as últimas novidades da Adjust?